Fim do Silêncio

Álbum.

Fim do Silêncio

Single Image

TrackList.

Fim do Silêncio
Fim do Silêncio
Verborragia
Verborragia
A Bomba Antiletárgica
A Bomba Antiletárgica
Dívida
Dívida
Eutanásia
Eutanásia
Tarja Preta
Tarja Preta
Hardcore Por Uma Justa Causa
Hardcore Por Uma Justa Causa
Destruição
Destruição
Um Minuto e Meio
Um Minuto e Meio
Reflexo
Reflexo
Terra Vermelha
Terra Vermelha
Vozes Sem Voz
Vozes Sem Voz

Letras.

Fim do Silêncio

Quanto vale seu silêncio?
Eles têm dinheiro, eles pagam bem
Quanto vale seu silêncio?

Você se emociona ao ver um ato
De bondade ou você se emociona ao
Ver uma nota de cem?

Acha que seu erro não atrasa a sociedade?
Calar e omitir são atitudes que convém,
A consciência vai pesar mais cedo ou mais tarde,
O preço da sua honra você sabe muito bem,
Pois rosas sem espinhos também sabem ferir
E seus princípios vão te mostrar por onde ir.

Quanto vale seu silêncio?
Eles têm dinheiro, eles pagam bem
Quanto vale seu silêncio?
Quanto vale seu silêncio?
Em nome do dinheiro seu bolso diz amém
Quanto vale seu silêncio?

Os caminhos que te levam ao encontro da verdade
Não são simples como se pode imaginar,
Várias vezes você se encontra na mira,
Entre o bem e o mal, falar ou não falar,
Quanto vale a verdade que melhor convém?
Quanto vale a mentira que você criou?
Duas faces diferentes vistas no mesmo espelho
Já não podem ter o mesmo valor

Quanto vale seu silêncio?
Eles têm dinheiro, eles pagam bem
Quanto vale seu silêncio?
Quanto vale seu silêncio?
Em nome do dinheiro seu bolso diz amém
Quanto vale seu silêncio?

Suas mentiras vão te enganar, elas podem derrubar você
Abra os olhos e tente enxergar o que você já não consegue ver
Quanto vale tudo que você tem?
Quanto vale o que você não comprou?
Quanto vale tudo o que você quis?
Quanto vale o que de melhor existe em você?

Quanto vale seu silêncio?
O preço da sua honra você sabe muito bem.

Verborragia

Acordar, enxergar, levantar
tentar, acreditar, continuar, lutar
prosseguir, proteger, progredir
apanhar, rebater, sentir, cair
levantar, renovar, recomeçar
errar, aprender, contra-atacar
confrontar, relutar, travar, querer
derrotar, conquistar, sorrir, vencer

fortemente armados contra sua hipocrisia
a nuvem escura que ofusca a luz do dia
palavra por palavra, não estamos sós
o verbo que fere vem da nossa voz
tentar nos mudar já não é mais possível
olhe entre nós, existe um grande abismo
somos diferentes por fora e por dentro
desde a cor da pele até o pensamento

o tempo devora tudo ao nosso redor
e o que era ruim ficou muito pior
a verborragia que rasgou sua gramática
com mais problemas que um livro de matemática
uma nova trajetória mudou nossos rumos
de produto final agora somos insumos
soldados sem bandeira, força contra sua farsa
heroísmo sem nome purificado em desgraça

fortemente armados contra sua hipocrisia
a nuvem escura que ofusca a luz do dia
palavra por palavra, não estamos sós
o verbo que fere vem da nossa voz
tentar nos mudar já não é mais possível
olhe entre nós, existe um grande abismo
somos diferentes por fora e por dentro
desde a cor da pele até o pensamento

acordar, enxergar, levantar
tentar, acreditar, continuar, lutar
prosseguir, proteger, progredir
apanhar, rebater, sentir, cair
levantar, renovar, recomeçar
errar, aprender, contra-atacar
confrontar, relutar, travar, querer
derrotar, conquistar, sorrir, vencer

A Bomba Antiletárgica

?vamu? acender a bomba antiletárgica
?vamu? acender aquela bomba mágica

a bomba antiletárgica precisa ser acesa
se explodir ela ativa os neuros da sua cabeça
a bomba antiletárgica é a solução
contra a letargia e contra a alienação

?vamu? acender a bomba antiletárgica
vamu? acender aquela bomba mágica

pra ver se explosão libera nossa mente, pra ver se
explosão nos deixa diferente...

?vamu? acender a bomba antiletárgica
?vamu? acender aquela bomba mágica

chegou a hora de acordar, hora de reagir
a bomba antiletárgica precisa explodir
esperar cair do céu é pura ilusão
acenda o pavio e viaje na explosão

?vamu? acender a bomba antiletárgica
?vamu? acender aquela bomba mágica

pra ver se explosão libera nossa mente, pra ver se
explosão nos deixa diferente...

vamos acender a bomba antiletárgica
vamos acender aquela bomba mágica

Dívida

Eles gastam muito e quem paga é você
o suor da sua testa nunca foi valorizado
a boa oratória é uma forma de poder
e você satisfeito com seus míseros trocados

quem paga a conta somos nós

sorria pra derrota, seja mais um servo
distante da vitória e do cheiro do sucesso
em coma terminal não vai mais acordar
um morto satisfeito que acabaram de enterrar

quem paga a conta somos nós

esse é o preço por ter sido tão fiel
por ter esquecido o valor da própria vida
viu que nem tudo são rosas e nem céu
e o que acreditava era apenas utopia
quem omite os atos (paga mais)
quem esconde os fatos (paga mais)
quem finge não ver (paga mais)
quem finge morrer não acorda mais

Eutanásia

Em nome do medo, enxergue com clareza
desligando fios que geravam incerteza
acabou o soro e agora não tem volta
a mão do desespero bate forte em sua porta
não fique parado, resista, decida
olhe para os lados e encontre uma saída
de que lado você fica?

aos que tem tudo... nada, aos que tem nada... tudo

quantos caíram e ainda cairão?
olhe nos olhos, estenda a mão!
se o castigo é injusto, inexiste perdão
caia agora e nos vemos pelo chão!

quantos caíram e ainda cairão?
olhe nos olhos, estenda a mão!
se o castigo é injusto, inexiste perdão
eutanásia, nos vemos pelo chão!

não fique parado, resista, decida
ignore tudo isso e encontre uma saída
de que lado você fica?

e quando tudo isso acabar
você verá que mesmo apontando contra eles continua sendo igual
entre o medo, o ódio, o rancor, a mentira e a falta de respeito

Tarja Preta

Rodeio, vergonhoso lixo cultural norte americano
abusos e maus-tratos, animais, seres-humanos
imagem e semelhança, tudo isso é uma piada
onde sofre um boi também sofre uma boiada

compre seu ingresso... financie a dor...
assista atentamente ao espetáculo do horror

herança cultural que o tio sam deixou pra gente
indústria da tortura, milionária e inconseqüente
olhe a arquibancada lotada, quantos mil?
público tacanho, alienado e imbecil

compre seu ingresso... financie a dor...
assista atentamente ao espetáculo do horror

pare agora, não derrame tanto sangue
pode ser tarde para se arrepender
um abuso se manifesta na natureza humana
o ódio se manifesta dentro de você

será que vale a pena sorrir?
será que vale a pena aplaudir?

herança cultural que o tio sam deixou pra gente
indústria da tortura, milionária e inconseqüente
quando parar? até onde ir?
apague a luz e escorra o sangue, o último a sair

Hardcore Por Uma Justa Causa

É só é só abrir os olhos e enxergar a verdade
falta de respeito, super-ego e vaidade
nada disso soma mais um elo pra corrente
o medo te impede de ficarmos frente a frente
falar sempre a verdade e nunca apunhalar por trás
valores importantes que pra você tanto faz
agindo desse jeito nunca vai pisar pra frente
tropeça no caminho e cai num ninho de serpentes
coloca uma coisa dentro dessa sua mente
a inveja é a única arma do incompetente

joga o jogo, segue reto e não embaça...
hardcore por uma justa causa!

eu sei quem você é, o teu tipo eu conheço
teu fim é trágico e tua cabeça ta a prêmio
ficou parado, não correu atrás, perdeu
falar é muito fácil, difícil é fazer
errou lá no começo e agora tem que concertar
meus códigos de ética eu não vou renegar
difícil de entender, difícil de explicar
então vou resumir que é pra facilitar

joga o jogo, segue reto e não embaça...
hardcore por uma justa causa!

Destruição

Destruição, o fim da ascensão
mentiras deslavadas não merecem mais perdão
seu terno e sua gravata caíram pelo chão
o ódio em meus olhos traduz sua condenação
no congresso eles fizeram mais uma reunião
dividiram a verba destinada a educação
assim eles decidem o futuro da nação
é por isso o incentivo a total destruição

destruição, o fim da ascensão
ataque terrorista aos traidores da nação
destruição, o fim da ascensão
ataque terrorista aos traidores da nação
destruição, o fim da ascensão
destruição, não há reeleição
destruição, a sua punição
destruição, direto para o chão

mais um desafio, eu voto pela ação
estado político em estagnação
seu sistema fere, mata, machuca o coração
diz não a quem lhe pede um pedaço de pão

ilusão questionar e pensar que algo vai mudar
mãos calejadas já cansaram de esperar
enquanto o povo pisa no chão da decadência
eles continuam em plena ascendência
é ilusão questionar e pensar que algo vai mudar
mãos calejadas já cansaram de esperar
são eles que decidem o futuro da nação
por isso o incentivo a total destruição

destruição, o fim da ascensão
ataque terrorista aos traidores da nação
destruição, o fim da ascensão
ataque terrorista aos traidores da nação
destruição, o fim da ascensão
destruição, não há reeleição
destruição, a sua punição
destruição, direto para o chão

destruição, o fim da ascensão, apoio concedido por zapata e lampião
destruição, o fim da ascensão, o lugar desses corruptos é dentro do caixão
destruição... destruição... destruição... destruição
o crime da razão

Um Minuto e Meio

É hora de sair da sua velha prisão
é hora de sair da sua velha prisão
desligue a televisão

uma nova postura, uma nova visão
com o controle remoto distante da sua mão
durante o comercial é mais fácil perceber
que o controlado na verdade é você
procure em si a reação
procure em si a reação

é hora de agir, desligue a televisã

não importa o canal, a emissora, enfim
o que impressiona você é indiferente pra mim
desligue a televisão

uma nova postura, uma nova visão
com o controle remoto distante da sua mão
durante o comercial é mais fácil perceber
que o controlado na verdade é você
procure em si a reação
procure em si a reação

procure em si a reação
desligue a televisão

Reflexo

Vida, porque fingir em plena consciência?
olho nos seus olhos e só vejo indiferença
depois de perder, ruir, cair e levantar
talvez essa seja a hora de recomeçar

atitude irracional, vai descer mais um degrau
atitude irracional, de encontro com o caos

minha ilusão foi tentar chamar sua atenção
minha ilusão foi substimar sua distração
já não faço parte disso
já não posso ser tão omisso
minha ilusão foi tentar chamar sua atenção
minha ilusão foi substimar sua distração

vida, não existir tudo que for errado
nem mesmo se reprimir, ficar estagnado
todo ódio e toda ganância, a pior lição
quando acordar vai ver que tá na contra mão

atitude irracional, vai descer mais um degrau
atitude irracional, de encontro com o caos

minha ilusão foi tentar chamar sua atenção
minha ilusão foi substimar sua distração
já não faço parte disso
já não posso ser tão omisso
minha ilusão foi tentar chamar sua atenção
minha ilusão foi substimar sua distração

sempre seguir buscando uma resposta
apontar o dedo em sua direção
pra que fingir? tentar se omitir
se as regras são claras essa é a questão

minha ilusão foi tentar chamar sua atenção
minha ilusão foi substimar sua distração

Terra Vermelha

Hoje mais que nunca, queremos viver (terra)
sem receber ordens do seu feitor (sangue)
é o grito de um novo amanhecer (guerra)
vindo das entranhas de um sonhador (dor)

e esse homem já se cansou de ser pisado
cansado de promessas, disposto a lutar
seus filhos são herdeiros do mesmo legado
uma escola que só ensina a lucrar
certidão de compra e venda é apenas papel
não prova nada e nem vai provar
hoje é fazenda de coronel, ontem o índio podia
plantar
sentimento rasgado lavrado em cartório
as custa de sangue, vela e caixão
vale tudo pra aumentar o seu território
reforma agrária a base de corpos no chão
quem pode mais chora menos, atirem
e sorrindo iremos ver cair mais um barão

coronéis, coronéis, coronéis... são sujos como latas
de lixo
grileiros, posseiros, capatazes, se preparem pro
último aviso
coronéis, coronéis, coronéis... são sujos como latas
de lixo
grileiros, posseiros, capatazes, eu miro, engatilho e
atiro!

hoje mais que nunca, queremos viver (terra)
sem receber ordens do seu feitor (sangue)
é o grito de um novo amanhecer (guerra)
vindo das entranhas de um sonhador (dor)

apartamentos e casas super elitizadas
com vista para o mar e área avarandada
nos fundos, dependência de empregada
isso é resquício da tradição escravocrata
escrava, escrava, a mucama da casa
tem vista para o mar e área avarandada
nos fundos, dependência de empregada
mais um retrato da tradição escravocrata
escrava, escrava, a mucama da casa
tem vista para o mar e área avarandada
nos fundos, dependência de empregada
isso é retrato da tradição escravocrata
escrava, escrava... escrava

Vozes Sem Voz

Preste atenção ao que elas não dizem
tente escutar as vozes sem voz
(2x)

são frases a espera da nuvem de palavras
entusiasmadas, surpresas, cortantes e amargas
gritando em voz baixa, soluçando caladas
passam despercebidas, ficam estagnadas
palavras que não dizem mas deveriam dizer
amordaçadas entre o querer e não poder
pronunciamento mudo ou um discurso óbvio
gritos de amargura, declarações de ódio

são gritos abafados que pouco podem dizer
são vozes que não tem voz, você não consegue ouvir,
não vai adiantar gritar, ninguém vai escutar

nenhum relato contém toda a história
alguns trazem fatos interessantes e mais nada
onde as vozes não têm voz fecharam-se os portões da
esperança
as casas foram saqueadas, os jardins não são mais
regados
os livros foram queimados e as obras de arte
destruídas
sem voz e aqui estamos
dizem que o tempo amadurece as pessoas mas estamos
apodrecendo
a cada novo conceito surge um novo preconceito
falar já não é um direito
gritar já não faz diferença

são gritos abafados que pouco podem dizer
são vozes que não tem voz, você não consegue ouvir,
não vai adiantar gritar, ninguém vai escutar

preste atenção ao que elas não dizem
tente escutar as vozes sem voz

Vídeo.

Resenha.

...seção sendo atualizada.