Guerra Invisível

Álbum.

Guerra Invisível

Single Image

TrackList.

Track cover
Abismo
Track cover
Abismo
Track cover
Depois da Guerra
Track cover
Noite
Track cover
Câncer
Track cover
Compatriotismo

Letras.

Abismo

Tentando encontrar alguma explicação
O sentido eu vou buscar em outra direção
E eu sei que não vou poder escapar
E as minhas mãos eu vou lavar
Pra ver no abismo eu cair e nunca mais eu levantar

E eu vou fugir
(você não vai me encontrar)
Vou escapar
(da sua rede de mentiras)
E não vou estar
(quando você me chamar)
Vai esquecer

E quando eu voltar não vou te dar as mãos
Pra sempre tu serás
(um peso em minha vida)

E eu vou fugir
(você não vai me encontrar)
Vou escapar
(da sua rede de mentiras)
E não vou estar
(quando você me chamar)
Vai esquecer

Depois da Guerra

Perdido nesse mundo sem mais ter tempo a esperar
Achar uma saída
Um mundo novo encontrar
Enquanto pulso eu tiver e o medo para me alertar
Só penso no que restou
O meu maior desejo é

Encontrar de novo a minha vida

Na guerra entre o ódio e a razão meu peito bate por dois corações
Não se esqueça do que eu sinto por ti (desculpe)
Mas eu pretenderia voltar

Eu espero que você não leve a mal
Eu só quero retornar à minha família
Eu espero que você não fique só
Eu só quero garantir a minha família um mundo melhor

Na guerra entre o ódio e a razão meu peito bate por dois corações
Não se esqueça do que eu sinto por ti (desculpe)
Mas eu pretenderia voltar

Noite

Ruas escuras o medo está chegando em torno à multidão
Praças vazias a noite está chegando junto com o terror

Segurança nunca civil
Militares só latem

Quando a noite chegar não se esqueça de esconder
Uma coisa vou dizer: tempos bons não voltam jamais

Selvageria espalhada
A lei de Hamurabi impera por aqui
Justiceiros por toda parte
Fomos violentados por aqui

Segurança nunca civil
Militares só latem

Quando a noite chegar não se esqueça de esconder
Uma coisa vou dizer: tempos bons não voltam jamais

Bem-vindo ao novo mundo, não se assuste poderia ser pior
Não ache que vai mudar, adapte-se ou morra!

Quando a noite chegar não se esqueça de esconder
Uma coisa vou dizer: tempos bons não voltam jamais

Câncer

Parou pra pensar em todas as pessoas que ele feriu
Tenta refletir sobre os seus atos inconsequentes
Sempre esqueceu daquele que lhe ajudou, agora acordou
E nada mais pode fazer nem reverter a situação pra esquecer

Não vou falar
Nem me explicar
E se eu disser
Vai me escutar

Foi embora e jogou fora todas as cartas no chão
Todo esse câncer não aguentou
(descanse em paz)

Dominado pelo medo, a sua vida já não é a mais a mesma
Arrogância destrutiva
Todos os seus sonhos agora se perderam

Ouça a voz que te quer bem
Não fale o que não for capaz
Suas conquistas não têm mais valor
Feche os olhos e jogue fora

Foi embora e jogou fora todas as cartas no chão
Todo esse câncer não aguentou
(descanse em paz)
E se eu dissesse que não foi fácil?
Você não iria mudar?
Foi embora e jogou fora todas as cartas no chão
Todo esse câncer não aguentou
(descanse em paz)
E se eu dissesse que não foi fácil?
Você não iria voltar?

Compatriotismo

Eu me lembro dos dias que lutei
Nossa história não acabou
O retorno que tanto jurei
Hoje eu faço melhor

A memória me trouxe os momentos que a essência me proporcionou (mas eu sei)
O que passou serviu e o que vem vai me ensinar a viver

E eu vou lutar com vocês e derramar meu sangue em nome dessa honra
Essa guerra não acabou
Dedicar minha vida e aprender com as derrotas

Estaremos apáticos e fracos
Algo maior nos moverá
Mas tenha certeza: estamos vivos e prontos para a guerra!

A memória me trouxe os momentos que a essência me proporcionou (mas eu sei)
O que passou serviu e o que vem vai me ensinar a viver

E eu vou lutar com vocês e derramar meu sangue em nome dessa honra
Essa guerra não acabou
Dedicar minha vida e aprender com as derrotas

Vídeo.

Resenha.

...seção sendo atualizada.