Primitive Behavior

Álbum.

Primitive Behavior

Single Image

TrackList.

Aerial Revenge
Aerial Revenge
Spilling Blood
Spilling Blood
The Power To Judge
The Power To Judge
To Eat His Flesh
To Eat His Flesh

Letras.

Aerial Revenge

The brightness of the sky is false now
Read their books and keep the message
In the mind “the man is what he is believed to be”
Don’t forget the true words
The brightness in the sky is the puzzle of the life
Don’t wait for their death yelling and crying

The blood in the soil will be happiness to several people
Magazines are going to sell their history
People are crying without hope
This is the first signal of the terror

Maybe many people won’t die
But they will suffer a lot
With the terror of the sky

The technology works to kill too
“The science never solves one problem
Without creating ten other”
For you

Spilling Blood

Tortures, genocides and humiliations
Betrayers dressed in uniforms
Steal and kill for pure greed
And to satisfy sickly egos

Insane minds
Holding weapons
Spilled blood
And death

Villains protected by the impunity
Spilling blood whom
Pays the price of the innocence
Dominated by the hatred and the evil

Insane minds
Holding weapons
It souls are
As cold as the death

The Power To Judge

To the kingdom of the miserable
It’s the place where the hypocriticals goes
Living for rotten religions, false moralistics
That preaches their laws but the surrender
Souls to the pleasures of the world and luxury

Think the have the power to judge and crying
To oppress and to kill
Following their interests
Lies searching for wealth and power
Them all in the name of their false prophets

They will die and rotten like any one and
The souls will be imprisoned forever
In the kingdom of impures
Hell with their prays, lies and luxurious

Temples built with the money
Of the weaks that follow them

I’ll fuck you
They think that will be safe
But I’ll step on their mutilated bodies
And when you request for forgive
I’ll spit blood in their face

To Eat His Flesh

I wanna see pain and sufferance
I wanna see blood
I wanna kill and feel the pleasure
Of eating his flesh

I wanna empty all hate that I feel against you
And flow over his blood until the last drop
Smash all the bones of his face and spit in his mouth
Thrash his body and flow over all excrements that there in

At gates of hell put out his soul through the ass
Cut up the neck and pill the rotten blood
That runs inside his veins
Shatter his flesh with my own hands
And give it to the rats
Leave his mortal remains to the worms
Like you devoure it.

Hang him with the guts of a priest cut his flesh
Feel the pleasure to hold his heart in my hands
See his death
In chains with by appalled hooks in his eyes

Vídeo.

Resenha.

A “crueza” do som do Tanatron está clara ao longo de toda esta demo, pelos quase quinze minutos divididos em quatro músicas. Mas esta sonoridade oitentista não é resultado apenas da técnica e execução por parte do Tanatron, mas também da gravação e produção desta demo intitulada “Primitive Behaviour”, primeiro registro do grupo. O material apresentado aqui não possui nenhuma apresentação magnífica por parte da produção, mas também, nenhum trabalho de nível ruim. Está tudo dentro da média, e isto, já é suficiente para a boa apreciação das músicas em que se destaca a “cozinha” precisa e o vocal super-urrado, que dá muita agressividade.

Aerial Revenge

O que abre este maravilhoso trabalho é a música “Aerial Revenge”, a possui uma característica bem oitentista meio puxada para o Thrash Metal. A particularidade desta faixa é a presença de passagens bem brutais e elaboradas que casam perfeitamente com o pedal duplo da bateria. As linhas de guitarra ainda possuem mais algumas outras passagens mais ‘heavy" no decorrer da canção nos riffs dos gutarristas.

Já estamos aqui e eu ainda nem falei do maravilhoso vocal e da fantástica linha de baixo do nosso amiguinho Nyelson Weber, como sempre ela está impecável. O vocal é simplesmente característico do Death Metal, um gutural bonito, um gutural bem feito, um gutural formoso! Já a linha de baixo usa perfeitamente o Modo Grego Lócrio, que dar um ar bem tenso na música. Recomedadíssimo á qualquer fã de um Death Metal bem oitentista e de qualidade.

Spilling Blood

A segunda (e por sinal, uma das melhores da demo) chama-se “Spilling Blood”, e é evidenciada pelos incríveis e fortes riffs bem característicos de um bom Death Metal, e por ter muito mais porradaria do que propriamente o Thrash Metal, que se consiste em músicas mais rápidas e menos brutais. Não há sequer um momento em que a pancadaria não role nesta maravilha de música! As linhas de bateria e o baixo parecem uma só, é isso acaba intensificando muito mais a música é dando um ar bem de Death Metal para ela.

Os vocais do Nyelson Weber continuam impecáveis e bem executados quanto em estúdio e quanto em shows. Eu já presenciei diversos shows dessa obra de arte mais conhecida como Tanatron, é posso dizer em alto e bom som. “Spilling Blood” é umas das melhores músicas executadas ao vivo pelo Tanatron. E tudo isso sem falar do refrão chiclete, que provavelmente se você escuta uma vez vai passar uns 3 messes cantando essa música. Recomedadíssimo!

The Power to Judge

“The Power to Judge”, é uma faixa bem mais próxima do Thrash Metal, pois háuma certa escassez de riffs mais brutais e pesados. A música perde um pouco de velocidade em relação às faixas de “Primitive Behaviour”, que por sinal é um puta álbum e eu recomendo de olhos fechados a todo fã de um bom Death Metal para bater cabeça!

Bom, essa faixa e bem lenta em relação às outras da demo, mas isso não significa que ela é ruim, pelo contrário, ela é muito boa. Os riffs são bem característicos de um Thrash Metal bem oitentista com raízes puxadas no Heavy Metal de nascença. A linha de bateria é um pouco mais acelerada, mas em compensação os outros instrumentos são mais lentos, tirando o baixo é claro. A linha de baixo dessa música e meio tímida, e ela acompanha em alguns trechos a linha de bateria, assim dando um pequeno contraste entre o Thrash e o Death Metal. Recomendo essa faixa pra quem curte uma Thrasheira cabulosa e um pouco mais pesada que o normal, afinal, estamos falando se Tanatron.

To Eat his Flesh

“To Eat his Flesh” é outra musuca músicas bem mais próxima do Thrash, afinal, não se ouvem riffs muito pesados no decorrer da música. Até o andamento destas desta música perde um pouco da velocidade se compararmos com as duas primeiras faixas de “Primitive Behaviour”. Mas como “The Power to Judge”, a música é foda pra caralho! Só riffeira com características de Thrash Metal e linha de baixo casando com a bateria para dar aquele peso na música, e tudo isso sem falar do vocal do Nyelson que da aquele impacto para a música ficar super fodastica!

Em um balanço final, o trabalho do Tanatron está muito bom, porém, acredito que se a banda investir mais em sua faceta do Death Metal , o rendimento musical do grupo deve ser ainda maior. Não tenho dúvidas em dizer que mesmo sendo uma banda formada em 1996 e que possui apenas esta demo, um CD completo já deve ser um próximo passo na carreira deste quarteto.

(Resenha por Paulo Finatto Jr. - Whiplash)